Seja bem-vindo!

Não somos um portal ou um site comum. Somos um coletivo de blogs independentes com um interesse: descarregar emoções através das palavras. Porque aqui mil palavras valem mais do que uma imagem. Navegue pelos blogs catárticos:

 

doceheader2016

Que seja doce, essa é a ideia. Feminista e apaixonada por gatos, ela largou a moda pela música e escreveu o primeiro poema antes de saber escrever (teve que ditar para a mãe!). Já escreveu pra Rolling Stone, UOL, VICE gringa, HuffPost Brasil, MTV e ClicRBS. No blog, você encontra bastante sobre feminismo, música, literatura, arte e cultura. Mas sem se levar a sério demais (a não ser quando precisa, claro!).

depredarheader2016

Aqui o lance é tentar se desconstruir da maneira mais abrupta possível. Mineiro, se mudou pra SP em 2011 e hoje mora em Porto Alegre. Abandonou o mundo jurídico para se dedicar a uma de suas maiores paixões: a música. Nunca se arrependeu. De lá pra cá, entrevistou artistas como Bjork, Radiohead, Pixies e muitos outros, e colaborou com veículos como Folha de S.Paulo, UOLRolling Stone, MTV e HuffPost Brasil.

resitfemheader2016

Olga Benário, na sua carta de despedida no campo de concentração, disse: “Quero que me entendam bem: preparar-me para a morte não significa que me renda, mas sim saber fazer-lhe frente quando ela chegue.” É para isso que estamos aqui: para resistir.

ymdheader2016

music. love. art. fun. unpopular opinions. real good sheet. O You! Me! Dancing! está no mundo musical desde 2011 e desde então sempre esteve no lado C da coisa toda. Com um enfoque no mundo colaborativo das resenhas, opiniões ácidas e textos favoráveis, o blog busca falar sobre música de maneira leve e divertida para quem consome música seriamente e diariamente.

discopheniaheader2016

Desde 2012 o Discophenia é a casa da música nova! Aqui você encontra coberturas de shows, notícias do mundo da música, resenhas de álbuns e muita música de qualidade.

travisheader-2016

Sou um homem doente. Sou um homem detestável. Cinema, fotografia, crônica.

destroyallmusicheader2016

No lugar dos critérios usuais de sucesso comercial ou influência comprovada, Destroy All Music tem energia, originalidade e barulho como selos de qualidade. O lugar das obras-primas obscuras e negligenciadas do post-punk, no wave, krautrock, psicodelia, free jazz, noise e de tudo mais que houver de esquisito.

lifehacksheader2016

O site de dicas do Catárticos: decoração, sustentabilidade, e muito mais para uma vida melhor.