Arctic Monkeys em Munique: Do YOU wanna know?

AM

Quem nunca sonhou em viajar pra Europa ou EUA ou qualquer lugar do mundo e assistir por lá o show de alguma banda querida. Por isso aqui no blog, vira e mexe convido pessoas pra falarem de suas experiências musicais no estrangeiro. E dessa vez a convidada foi a Luiza Mayumi, que escreveu sobre o show que ela assistiu do Arctic Monkeys na Alemanha esse mês. Saca só como foi:

Arctic Monkeys em Munique – Por Luiza Mayumi

Em Junho deste ano, quando estava resolvendo os últimos detalhes da minha viagem no segundo semestre para a Alemanha, tive uma das melhores notícias possíveis: Arctic Monkeys, 12 de novembro de 2013, em Munique. Pela primeira vez eu teria a oportunidade de ir a um show da minha banda preferida.

Zenith não é uma casa de shows muito grande, o que achei ótimo pois deu para ficar bem perto do palco. Logo de cara já deu para notar que o público europeu é realmente muito diferente do brasileiro, as pessoas são muito mais contidas e comportadas.

am 1

Quem abriu o show foi a banda irlandesa The Strypes e os caras mandaram muito. Fizeram uma apresentação de aproximadamente 45 minutos de duração e animaram bastante o público.

Mas vamos ao que interessa: Arctic Monkeys. Como todos osshows da turnê nova, eles abriram com “Do I Wanna Know? “ e eunão tenho palavras pra descrever a introdução dessa música.                                                                                                            

A setlist (composta por 21 músicas) estava muito boa e agradou o público. Além de novas músicas do AM como “Arabella”, “Why’d You Only Call Me When You’re High?” e “R U Mine?”, os caras também tocaram músicas dos álbuns passados como “Fluorescent Adolescent”, “Crying Lightning”, “Don’t Sit Down Cause I’ve Moved Your Chair” e “I Bet You Look Good On The Dancefloor” (que levou a galera à loucura). Comparando com os outros shows da turnê européia, na minha opinião, as três músicas tocadas no Encore do show de Munique foram as melhores. “Snap Out Of It”, “Cornerstone” e “R U Mine?” pra fechar.

 A única coisa que senti falta foram algumas músicas que amo e que ficaram de fora da setlist como “Suck It And See, “Mad Sounds” e principalmente “505”. Mas é claramente impossível montar uma setlist com 21 músicas do Arctic Monkeys sem deixar alguma querida de fora.

am 2

Ah, claro que eu não poderia deixar de falar da presença de palco do Alex Turner. O cara tem uma energia contagiante, com seus famosos “dance moves”, e uma conexão absurda com o público. Ele ainda arriscou algumas frases em alemão como “Servus München” e “Vielen Dank”.

Bom, resumindo: o show foi sensacional e os caras mandam muito bem ao vivo. Agora só nos resta torcer para eles confirmarem algumas datas no Brasil ano que vem!

Setlist: (via setlist.fm)

1. Do I Wanna Know?

2. Brianstorm

3. Dancing Shoes

4. Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair

5. Teddy Picker

6. Crying Lightning

7. Fireside

8. Reckless Serenade

9. Old Yellow Bricks

10. Why’d You Only Call Me When You’re High?

11. Arabella

12. I Want It All

13. Pretty Visitors

14. I Bet You Look Good on the Dancefloor

15. Do Me a Favour

16. One for the Road

17. Fluorescent Adolescent

18. I Wanna Be Yours

Encore:

1. Snap Out of It

2. Cornerstone

3. R U Mine?

(Os melhores) Vídeos da Semana – a partir de 02/09/2013

josh homem

Clipes perderam a importância que tinham antigamente? Tocar na TV ainda atrai novos públicos? São perguntas difíceis de responder. Mas ainda é produzida muita coisa interessante e que vale a pena. Se você não conhece algo, é a oportunidade. Então saca os (melhores) vídeos dessa semana:

Queens of the Stone Age tocando Arctic Monkeys. Tá bom?

(Os melhores) Vídeos da Semana – a partir de 12/08/2013

alex band guy

Clipes perderam a importância que tinham antigamente? Tocar na TV ainda atrai novos públicos? São perguntas difíceis de responder. Mas ainda é produzida muita coisa interessante e que vale a pena. Se você não conhece algo, é a oportunidade. Então saca os (melhores) vídeos dessa semana:

O The National rodou a TV americana nessa semana pra divulgar ainda mais o bom novo disco da banda, Trouble Will Find Me. Veja a performance pra This Is The Last Time no Conan e Graceless no Jimmy Kimmel.

Um banquinho, um violão: 20 bandas fazem versões acústicas

Acoustic-Guitar-1

Guitarra cheia de distorção, baixo lá no alto e porrada na bateria. Não tem como negar que música assim é demais. Mas às vezes, um violão ou um piano tem o poder de acrescentar uma atmosfera tão única em algumas músicas, que é impossível não adorar uma versão acústica. Poder ser uma produção profissional ou algo mais íntimo e casual, mas é sempre legal ter conhecimento. Pra dias mais calmos, pra ocasiões mais suaves, algumas boas opções abaixo:

Radiohead – How to Disappear Completely

(Os melhores) Vídeos da semana – a partir de 20/05/2013

monkeys

Clipes perderam a importância que tinham antigamente? Tocar na TV ainda atrai novos públicos? São perguntas difíceis de responder. Mas ainda é produzida muita coisa interessante e que vale a pena. Se você não conhece algo, é a oportunidade. Então saca os (melhores) vídeos dessa semana:

O badalado Kanye west foi ao Saturday Night Live e apresentou pela primeira vez Black Skinhead, canção que deve estar no seu próimo disco, Yeezus.

Versões: 20 covers de bandas que você ama feitos por bandas que você ama

boa festa

Cada boa banda tem seu estilo próprio. Estilo que elas acabam imprimindo mesmo ao tocar canções de outro grupo. A seguir, 20 covers de bandas pra músicas de outros grupos  clássicos ou no mínimo bastante conhecidos. Aproveite e diga nos comentários os seus preferidos e indique outros que acha que deveriam entrar na lista,