Música pra ver: A história de uma lenda da música independente. Não, não é uma banda.

creation records

Eu gosto de pensar que pelo menos a maioria das pessoas que chegam até aqui é tão apaixonada por música quanto eu. E, por isso, estão sempre interessadas em mergulhar mais e mais nesse universo, seja conhecendo novos sons, seja buscando informações a respeito de fatos que foram importantes pra história e evolução da produção musical. Pois então, nessa seção “Música pra ver”, pretendo contar e indicar documentários e filmes que mostrem um pouco mais desse universo que vai além dos discos e shows.

Pra começar, escolhi um documentário que trata de uma lenda da música independente no Reino Unido e no mundo. Upside Down: The Creation Records Story fala da gravadora encabeçada pelo maluco e estranho Alan McGee, juntamente com Dick Green e Joe Foster, e que foi berço do nascimento de várias importantes bandas dos anos 80 e 90, como Jesus and Mary Chain, Primal Scream, My Bloody Valentine, Teenage Fanclub, Oasis, Super Furry Animals e outras.

A película conta a história em ordem cronológica desde o nascimento, em 1983, até o encerramento das atividades, em 1999, através de entrevistas com pessoas que participaram da trajetória da gravadora, como músicos, executivos e funcionários. McGee é extensamente entrevistado ao lado de figuras como Bob Gillespie, Jim Reid e Noel Gallagher, os quais contam histórias de bastidores, sobre como funcionava a Creations e como ela foi fundamental para o rock britânico.

O nome do filme vem de uma música do Jesus and Mary Chain, primeiro single da banda lançado pela gravadora e responsável por colocar ambos no mapa da música da Inglaterra. A partir daí são casos que não acabam mais. Para se ter uma ideia, houve uma determinada semana que a Creation possuía três discos seminais nas paradas britânicas: Screamadelica do Primal Scream, Bandwagonesque do Teenage Fanclub e Loveless do My Bloody Valentine. Inclusive McGee nega que esse último, que custou 247 mil libras para ser concluído, tenha sido o responsável por quase quebrar a empresa e obrigar que ela fosse vendida à Sony. Ele diz que não houve apenas um culpado e que outras coisas como grandes gastos com drogas e falta de jeito pra negócios ajudaram.

oasis knewberth

O capítulo dedicado ao Oasis é um dos destaques e se refere à banda como “a última grande do rock”. Tenta explicar como eles explodiram e, ao mesmo tempo, contribuíram amplamente para o fechamento da Creation. Nessa época McGee sofria tanto com as consequências do seu vício em drogas, que inclusive o levaram a um colapso, que não pôde aproveitar algo que sempre sonhara: ter entre seus artistas a maior banda do mundo.

O documentário é informativo e bastante indicado para os fãs do que se fazia em termos de música no Reino Unido nos 80 e 90. É facilmente encontrado em sites de compartilhamento e nas locadoras Bitorrent da vida. Se você é admirador de alguma dessas bandas, não perca tempo e assista tão logo for possível.

 

Upside Down: The Creation Records Story

Diretor Danny O’Connor
Produtor Danny O’Connor
Participações Alan McGee, Dick Green, OasisPrimal Scream, My Bloody Valentine, Ride, Super Furry Animals,Teenage FanclubJesus & Mary Chain
Lançamento
    23 de outubro de 2010(London Film Festival)
Tempo 101 minutes

Parcerias: 15 bandas recebem convidados muito especiais no palco

Damon-Albarn-Noel-Gallagher-Graham-Coxon

No último final de semana, no maravilhoso festival espanhol Primavera Sound, o show do Jesus & Mary Chain contou com uma agradável surpresa: Bilinda Butcher, a voz suave por trás de toda a distorção do My Bloody Valentine, subiu ao palco e cantou junto à banda o clássico Just Like Honey. Não incomum, bandas recebem outros músicos pra subir ao palco e fazer versões muito especiais de algumas músicas. Abaixo, 15 desses encontros:

1. Jesus & Mary Chain recebe Bilinda Butcher (My Bloody Valentine)

Versões: 20 covers de bandas que você ama feitos por bandas que você ama

boa festa

Cada boa banda tem seu estilo próprio. Estilo que elas acabam imprimindo mesmo ao tocar canções de outro grupo. A seguir, 20 covers de bandas pra músicas de outros grupos  clássicos ou no mínimo bastante conhecidos. Aproveite e diga nos comentários os seus preferidos e indique outros que acha que deveriam entrar na lista,