Como Foi: Reel Big Fish

Hora de votlar aos anos 90 com uma das bandas mais divertidas que já pisaram no Cine Joia: o Reel Big Fish. Com seu Ska/Punk/Rock típico da California o sexteto formado por Matt Appleton, Derek Gibbs, John Christianson, Billy Kottage, Edward Larsen e o único membro da formação original Aaron Barret lotaram o Cine Joia de bermudas tectel da Mormai e nostalgia.

Como Foi: Aeromoças e Tenistas Russas no SESC Pompeia

Em tempos de Olimpíadas, muitos países estão no Rio para praticar esportes. Se no esporte das raquetes eu não faço a minima ideia de quem está jogando e para quem torcer, no mundo da música as Tenistas Russas já estão no meu pódio. Piadas a parte a banda Aeromoças e Tenistas Russas é uma banda de São Carlos-SP que faz uma misturas de sons e influências e conseguem criar algo original e pouco repetitiva.

Como Foi: 20º Cultura Inglesa Festival

Eu sempre fui um fã do CCAA por que eles traziam na propaganda o Arnold Schwarzenegger, Mike Tyson, Bruce Willis entre outras celebridades e por mais que adore o Schwarza a Cultura Inglesa ganhou meu coração com nomes como Kate Nash, Franz Ferdinand, Los Campesinos, Jesus And Mary Chain entre tantas outras bandas da terrinha da rainha. Na 20ª edição o Cultura Inglesa Festival, Kaiser Chiefs veio como carro chefe, acompanhado da Nação Zumbi.

Como Foi: Balaclava Fest 3 no Cine Joia

Em muitos momentos escrevendo para o Discophenia eu agradeci pessoas maravilhosas por trazerem bandas maravilhosas, por preços maravilhosos e mais uma vez é necessário agradecer a Balaclava por trazer o Swervedriver para uma catarse de barulho e sentimento num domingo onde os trabalhadores comemoravam o dia do trabalho. Além dos britânicos, Medialunas, Quarto Negro e Supercordas fizeram parte da terceira edição do festival realizado pela Balaclava que vem se mostrando a melhor opção no quesito custo benefício para shows ultimamente.

Como Foi: Unknown Mortal Orchestra no Beco 203

Também conhecido como UMO, a banda multinacional americana e neozelandêsa veio ao brasil com seu Indie-Psicodélico-R&B-Lo-Fi que publicitário adora, para um show lotado no Beco 203. Com três álbuns nas costas e dois razoavelmente grandes hits, a banda que está na ativa desde 2010 conseguiu seu sucesso em seu terceiro álbum, Multi-Love lançado em fevereiro de 2015. A música que leva o nome do álbum sendo seu hit máximo.

Como Foi: City and Colour no Cine Joia

Quase um ano depois do último show no Brasil, Dallas Green volta ao Cine Joia para mais dois shows lotados. Parecia algo programado, a melancolia do City and Colour com o frio de São Paulo era o momento certeiro para o show e seu público não saiu decepcionado, ou quase, como o próprio Dallas disse: “não da para agradar todo mundo”.

O público do City And Colour é uma coisa engraçada, é como se fosse a união das tribos: tanto os fãs de Alexisonfire, tanto a galera emo sentimental, os casaizinhos com as músicas fofas e uma galera mais mainstream, ou seja, do mais indie até o mais pop, Dallas Green e sua banda conseguiram unir as tribos para um bom show, que para mim infelizmente não foi lá muito o que eu esperava.