BEGIN TYPING YOUR SEARCH ABOVE AND PRESS RETURN TO SEARCH. PRESS ESC TO CANCEL

O feminicídio em Juárez e o pacto de silêncio

Hoje, a violência contra a mulher já não é um mistério, um segredo. Já não é mais uma questão a ser escondida – ou pelo menos não deveria ser. Estamos cientes da frequência e das consequências da violência doméstica, estupro, assédio moral no trabalho, abuso infantil. Fenômenos, esses, que sequer tinham nome até os anos 70. O movimento de mulheres teve avanços nos últimos 30 anos, produzindo conhecimento, consciência e resistência. Revelou a teia de cumplicidade – com frequência institucional – que permeia o agressor a continuar agindo com impunidade. Porém, ainda há muito a ser feito. LEIA MAIS.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked

>