BEGIN TYPING YOUR SEARCH ABOVE AND PRESS RETURN TO SEARCH. PRESS ESC TO CANCEL

O glamour e a decadência de Marilyn Minter

Conheci Marilyn Minter através de Gossip Girl. No seriado, Lily van der Woodsen (depois Bass, depois Humphrey) é uma apreciadora de arte sempre em busca de coisas novas, e seu apartamento no Upper East Side é carregado de obras lindas. Uma delas, “The Rainbow Woman”, acaba inclusive tendo um papel crucial na última temporada. Mas o que me chamou a atenção desde os primeiros episódios foi um quadro de um olho carregado por glitter no quarto de Serena. A obra é cria da controversa artista que dá nome ao post.

Explorando temas como sexualidade e erotismo, Marilyn não manipula digitalmente nenhuma de suas fotos. Porém, para as pinturas, combina negativos para criar novas imagens que são trabalhadas com tinta. Em seu currículo constam séries de fotografias sobre pornografia – em 89 ela lançou uma série explícita defendendo que ninguém tem fantasias “politicamente corretas” – sexualidade e erotismo. A própria mãe, viciada em drogas, também já foi usada como tema. LEIA MAIS.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked

>