BEGIN TYPING YOUR SEARCH ABOVE AND PRESS RETURN TO SEARCH. PRESS ESC TO CANCEL

“In your Eyes” (2014) – A Comédia Romântica de Joss Whedon

Imagem 1

Por que você não sabe por que está se sentindo assim? Porque não se conhece tão bem, ou por não termos um mapa perfeito da mente humana?

E se, por alguma razão – qualquer razão -, você estiver conectado a alguém lá fora? Alguém que você nunca sequer tenha visto e, talvez, nunca chegue a conhecer? Não estou falando de amor, sequer de amizade, mas de um vínculo incompreensível e acima da razão. E se essa fosse a verdadeira explicação para aqueles weird feelings que você ocasionalmente sente, e que vêm do nada?

 

Imagem 2

Logo após sua estreia mundial na semana passada, pelo norte-americano Tribeca Film Festival, “In Your Eyes” – novo filme de Joss Whedon – já está disponível, por $5,00 dólares, no Vimeo e em seu Site Oficial.

Após escapar das garras de diretores comerciais que, segundo o próprio roteirista, levavam seus roteiros às ruínas, Joss Whedon nos presenteou com obras como a série “Buffy, the Vampire Slayer”, bem como os recentes “The Avengers” (2012) – o qual também dirigiu -, e “The Cabin in the Woods” (2012), uma parceria de sucesso com o diretor estreante no Cine Drew Goddard (que já havia trabalhado com Whedon em Buffy), o qual Whedon descreveu como “a loving hate letter” aos horror films (altamente recomendável aos fãs do gênero, aliás).

Desta vez, com “In your eyes”, Whedon apresenta ao público uma.. comédia romântica. O que é irônico, mas nem tanto. Adentrando o gênero tão lucrativo a Hollywood, casa do arquétipo de diretores de que tanto reclamou, Joss Whedon mostra que é possível dar um tom diferente ao gênero, ainda que não escape completamente de seus clichês defeituosos.

A grande qualidade do filme está em sua construção, com dois protagonistas que se conectam por razões não apenas sobrenaturais. Dois outsiders, incompreendidos em seus círculos sociais, Dylan (Michael Stahl-David) é um ex-presidiário em condicional, cuja personalidade é planificada por Giddons (Steve Harris), seu agente de condicional, enquanto Rebecca (Zoe Kazan) é casada com Phillip (Mark Feuerstein), um atribulado médico que parece confundir “cuidar de sua esposa” com adequá-la às demandas objetivas de sua vida social. Fora essas similaridades, estes personagens possuem uma espécie de conexão telepática desde a infância, sendo capazes não apenas de ver através dos olhos do outro ou se comunicar, mas também de compartilhar – nem sempre de forma voluntária – sentimentos.

Whedon nos apresenta aos personagens de forma sutil e desenvolve seu envolvimento com bastante sensibilidade, sem deixar de lado o humor que é marca de sua obra. Passamos pela confusão dos personagens enquanto não compreendem bem o que são essas sensações e visões esporádicas que sentem, até o contato direto. A inicial apresentação sutil de suas características essenciais se desenvolve para o espectador à medida que são apresentadas por eles próprios um ao outro, de forma a acompanharmos de forma integrada a relação que cresce entre eles.

Em mais uma ousada empreitada de Whedon, “In your Eyes” é uma comédia romântica que não se confunde com as demais ordinárias, produzidas em massa na indústria hollywoodiana. Embora trilhe, a partir de certo ponto, caminhos bastante similares, tem em sua construção a sensibilidade diferenciadora de um bom e experiente roteirista, bem como direção bastante peculiar ao gênero.

Os custos do indie movie estão estimados em 1 milhão de dólares, um cachê intermediário a produções hollywoodianas e alternativas. Produzido em parceria pelas Night and Day Pictures e Bellwether Pictures – esta, fundada pelo próprio Whedon e sua esposa, Kai Cole -, é mais uma tentativa de distribuição direta entre autor e público, o que é sempre uma boa motivação para receber nosso suporte. And Joss Whedon really wants you to watch it:

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked